fev 16

Como Estudar para Concurso Público

Devido a estabilidade, em alguns casos aposentadoria integral e alguns benefícios, muitas pessoas querem seguir a carreira pública, prestando um concurso público.

Este artigo irá lhe dar algumas dicas de como estudar para um concurso público.

Escolha da área que você pretende prestar:

Em muitos casos, os concursos públicos são abertos exigindo superior em qualquer área, ou seja, basta você ter o ensino superior completo, porém vale a pena pensar em qual área específica você irá se dedicar a estudar para passar no concurso.

Procure a área que mais lhe agrada, não apenas a mais bem remunerada, pois será a melhor forma de te ajudar a passar no concurso público é o assunto lhe agradar, se não lhe agradar será mais cansativo seu estudo, e você terá menos motivação de seguir em frentes com seu estudo para o concurso.

Organize um ambiente adequado para o estudo:

Lembre-se que você terá que estudar horas, e para manter a concentração você deverá ter um local adequado para estudar para o concurso.

Não adianta colocar uma mesa de estudos na sala, pois a chance de você conseguir se concentrar para estudar é muito pequena, busque um local em sua casa que não seja uma passagem, que tenha pouco movimento de pessoas, ou que as pessoas que moram com você possam não lhe incomodar enquanto você estuda.

Caso não tenha um local em sua casa uma boa opção é buscar uma biblioteca, ou outro local, onde você possa se isolar para ter melhor rendimento.

Atenção ao Edital:

Leia atentamente o edital para verificar se você irá preencher todos os requisitos exigidos para a vaga.

Verifique as datas para não se candidatar a 2 concursos que serão em mesma data ou datas muitos próximas que irá lhe impedir de estudar para os assuntos específicos.

Quantas horas por dia é necessário estudar para passar em um concurso público?

Essa é uma questão importante, e interessante, estudo não se mede em horas, algumas matérias em pouco tempo você irá assimilar, outras irão demandar mais tempo de estudo, ou até mesmo frequentar aulas em cursos preparatórios para concursos públicos.

Nunca estudo muitas horas seguidas sem pausa, além de prejudicar o seu corpo, em um determinado momento você estará somente lendo, porém não irá conseguir apreender o que foi lido, tornado o estudo apenas mecânico.

Porém, lembre-se que você terá um prazo para a prova, veja o que terá que estudar, e divida no prazo que você tem disponível. Vale ressaltar que é bom ter um prazo extra para a revisão geral antes da prova.

Método de estudo para Concurso Público:

Cada um tem uma forma de estudara o concurso que irá lhe proporcionar melhor resultado, você deve testar a melhor forma para você, seja ela leitura, exercícios, aulas ministradas por cursos preparatórios para concursos, ou mesmo grupos de estudo com discussão sobre os assuntos.

Uma dica importante é que no seu método de estudo você tenha uma forma de organizar o que você já estudou para que possa fazer as revisões, lembre-se, quando o Concurso estiver próximo é importante fazer uma revisão geral do que foi estudado.

Aulas em Cursos Preparatórios para Concursos Públicos:

As aulas em cursos preparatórios para concursos poderão sem de grande valia para quem está estudando para um concurso público, existem diversos tipos de aulas, algumas visam o preparo para todas as matérias pedidas no concurso, outras você pode escolher assuntos específicos, o que poderá ser uma opção para as matérias que você tem mais dificuldade em estudar sozinho, ou mais dificuldade no aprendizado.

Interatividade no Estudo para Concurso Público:

Existem diversos fóruns na internet onde as pessoas que estão se preparando para um concurso público trocam informações e se ajudam, procure um fórum da área que você pretende se dedicar e participe.

Simulações de Provas de Concurso Público:

Tente refazer as provas anteriores dos concursos, isso irá lhe ajudar a ver quais assuntos você deve se dedicar mais, e quais você já tem melhor domínio.

Esse pode ser um exercícios constante, faça a prova antes de começar a estudar e algum tempo depois, refaça para verificar o quanto você está aprendendo com o seu método de estudo.

jan 26

Site Profissional – Onde hospedar um site profissional

No post anterior desta série falamos sobre Como deve ser um site profissional, mas onde devemos hospedar este site?

Você pode hospedar o seu site profissional em uma hospedagem gratuita, mas não é o ideal. Afinal quanto você quer investir em sua profissão?

Hoje existem hospeagens muito baratas, eu prefiro hospedar meus sites no Brasil, devido a facilidade de contato em caso de suporte além de alguma diferença em velocidade de acesso, e paineis de controle em português.

Para hospedar o seu site profissional indico a Kinghost, clicando no banner abaixo, você tem um desconto especial de 10% nos 3 primeiros meses.


Hoje, a hospedagem na Kinghost custa a partir de R$ 9,90 por mês.

Você pode optar por outros hostings, existem até alguns mais baratos, mas cuidado o barato pode sair caro.

A grande maioria das hospedagens de sites, possui uma ferramenta para a criação automática de sites, que inicialmente, poderá ser uma boa opção, pois não irá exigir a contratação de um profissional para a criação do site, e também você poderá ir editando o conteúdo de forma dinâmica, tendo o seu site profissional pronto em poucos minutos.

maio 02

Site Profissional – Como deve ser um Site Profissional

Primeiramente, um site profissional é mais do que estar na Internet. Não basta você ter um site com o seu nome ou mesmo o nome fantasia de sua empresa e ser algo estático, atrasado e sem informações relevantes.

É comum vermos sites, onde o profissional cria o site, e apenas coloca o Curriculum, para divulgação pura e simples de curriculum é melhor optar por um cadastro no Linkedin, pois além de ser possível cadastrar suas informações profissionais, você pode utilizar os recursos para fazer o seu networking profissional.

Mas resumindo em uma frase: “A grande importância de ter um site profissional é mostrar o que você faz e ter um canal de comunicação com o mercado, e outros profissionais de sua área de trabalho.”

Então vamos a prática, o que é importante ter em um site profissional, e o que não colocar em um site profissional.

O que deve ter um site profissional?

Conteúdo Dinâmico:

Eu recomendo que um site profissional, não seja apenas um site estático, você pode ter até uma página principal de capa, com seus principais dados e atividades, e a partir daí, ter conteúdo em seu site.

Nesta página principal, é de grande importância ter um link para uma área dinâmica do site, onde você deve colocar artigos, comentários seus de notícias e acontecimentos de sua área profissional e outras informações da área que você exerce. O modo mais fácil de criar esta parte do site é utilizando um gerenciador de conteúdos para blog, no caso eu recomendo o WordPress por ser fácil de utilizar e com grande flexibilidade e variedade de temas.

Formulário de Contato:

É importante nesta página principal ter um link para um formulário de contato, pois muitas vezes a pessoa que está na web pode preferir entrar em contato com você pelo formulário do que te ligar.

Informações Multi-idioma:

Se a sua área profissional exige ou você está procurando um trabalho internacional, lembre-se de ter um site multi-idioma, se possível contrate um profissional para fazer uma revisão do site no idioma que não é o seu nativo. Faça isso, e não coloque simplesmente um link para um serviço de tradução online.

Visual, Design e Usabilidade:

É importante o conteúdo, mas o visual do site profissional também é importante, cuide do visual do seu site como você cuida do seu visual, se tiver condições, invista em um serviço de design para criação de um site com boa aparência e usabilidade.

O que não devo fazer em um site profissional?

Não faça autopromoção:

Não utilize o seu site profissional, apenas como uma autopromoção. Dizendo que você é o melhor, o único ou coisa do tipo.

Ninguém quer saber para qual time você torce:

A não ser que você trabalhe em algo específico da sua área de atividade profissional, evite colocar informações como o time você torce, isso não é importante para quem está lhe vendo como profissional.

abr 23

Como Ser Produtivo Trabalhando em Home Office na Sua Casa

Existem diversos fatores que podem influenciar na sua produtividade, no home office é a mesma coisa, porém há alguns fatores, que são potenciais influenciadores da sua produtividade quando você trabalha em sua casa.

Área de Trabalho é para trabalho: Delimite o local de seu escritório doméstico, se possível tenha um cômodo da sua casa para ser o seu local de trabalho.

Horário de Trabalho no Home Office: Determine seu horário de trabalho, obviamente que este ponto irá depender muito da sua atividade profissional e de seus clientes.

Móveis e Equipamentos: Seu escritório doméstico deve ter os mesmos cuidados de um escritório convencional, não tente ser produtivo em uma mesa ou cadeira velha que você tinha e colocou lá para ser seu escritório, dificilmente estes móveis serão os adequados para o seu trabalho. Procure mobílias profissionais, para manter o conforto, e irá também ajudar você a entender que está trabalhando.

Tecnologia para o Home Office: Quanto aos equipamentos de tecnologia, como computador, impressora, você também deve tomar cuidado para não pensar em aproveitar aquele computador defasado que está lá no canto. Compre um equipamento adequado, pois o computador, e os equipamentos certos irão ajudar muito na sua produtividade no seu Home Office.

Linha Telefônica para Contato Profissional: Tenha uma linha telefônica e celular de trabalho, hoje com baixo custo você pode ter uma linha VoIP, ou mesmo uma convencional. Este item irá evitar que você atenda a linha telefônica pessoal, e mesmo que a linha fique ocupada no momento em que seu cliente precisa fazer contato com você.

Cada coisa em seu lugar: Não leve coisas pessoais para sua área de trabalho, e também não faça o inverso, levando coisas do home office para a sua área não profissional.

Família e Amigos: Outro fator muito importante, que é difícil de ser trabalhado, por não depender somente de você, é deixar claro para a sua família e amigos, que você está em casa, mas está trabalhando, isso está diretamente ligada a questão do seu horário de trabalho.

Este ponto mesmo sendo difícil irá ser crucial para o seu sucesso em ser produtivo trabalhando no seu Home Office.

abr 16

Como Organizar a Sua Mesa de Trabalho em 7 Passos

Vou diretamente aos passos da organização, afinal o seu tempo é para organizar e não para ficar lendo coisas que não são da organização da mesa.

  1. Se você tiver espaço, a melhor opção é retirar tudo da mesa, e colocar em uma caixa ou local a parte.
  2. Faça a limpeza da sua mesa de trabalho que será organizada.
  3. Limpe o porta lápis e os suportes que necessita e coloque de volta na mesa, veja que é o porta lápis, evite ter diversos porta lápis, ou vários cadernos de anotações, concentre as coisas de mesmo tipo em um só lugar.
  4. Volte para a mesa somente o que você realmente necessita para executar o seu trabalho.
  5. Na caixa irão sobrar diversos itens, que geralmente são os que deveriam estar nas gavetas, ou no seu armário, e não na mesa de trabalho.
  6. Guarde imediatamente os itens que sobraram para evitar que você volte os itens para a mesa de trabalho, que agora estará mais organizada.
  7. Para manter a sua mesa organizada, você deve utilizar o pegou, usou, guardou. Evitando acumulação em sua mesa de trabalho.

abr 14

200 Melhores e Piores Profissões

Você acha que escolheu uma boa carreira de trabalho?

A Career Cast publicou uma lista com as melhores e piores profissões do momento em 2012, o Ranking possui 200 carreiras ordenadas das melhores as piores.

Foram considerados alguns fatores sobre a carreira como Ambiente de Trabalho, Nível de Stress, Salário e Perspectivas Profissionais.

A das melhores e piores profissões também pode ser analisada vendo o seu aspecto que você acha importante para a sua vida, pessoal e profissional.

Concordo que os dados não são do Brasil, mas de qualquer forma, vale a pena dar uma olhada.

Link: Career Cast

out 24

Redes Sociais Podem Ajudar a Conseguir um Novo Emprego

É comum pensarmos nas redes sociais com Orkut, Facebook e outras apenas como uma diversão, alguns veem as redes como uma perda de tempo, vale lembrar que estas redes podem ser utilizadas de diversas formas, e inclusive pode lhe ajudar a conseguir um novo emprego.

Como fazer para que as redes sociais lhe ajudem na possiblidade de conseguir um novo emprego.

Interação com outras pessoas:

Participe de comunidades ou grupos ligados a sua área de atuação, ou área que pretende atuar profissionalmente. Lembre-se que participar não é apenas se cadastrar mas procurar ajudar, responder de forma adequada as solicitações e dúvidas de outras pessoas da comunidade.

Escolha das Comunidades ou Grupos:

Se cadastre em grupos e comunidades pertinentes a sua profissão. Evite comunidades que possam parecer ofensivas ou que podem criar uma imagem negativa do seu perfil. Vale lembrar que o seu objetivo na rede é uma atuação profissional, e não uma brincadeira com os amigos.

Grupos e Comunidades para Busca de Vagas de Emprego:

Nas diversas redes, existem comunidades onde são divulgadas vagas para empregos em diversas áreas, algumas inclusive são específicas da área profissional, como Vagas de TI, Empregos de Marketing e outras.

Existem também redes profissionais, a mais conhecida é o Linkedin, onde existe a opção de Jobs (Empregos), e muitas vezes são divulgados diversos trabalhos fixos e freelance por diversas pessoas e empresas.

Busca de Contatos:

Procure contatar pessoas que tem o mesmo objetivo que você, ou que são conhecidas e atuantes em sua área profissional.

Quais redes sociais participar para buscar oportunidades profissionais?

Esta questão irá depender muito do que você está buscando. Além das redes que são profissionais como foi dito, você pode participar de redes e site de postagem de fotos, por exemplo, caso você busque uma vaga de fotografo, é uma forma de divulgar o seu trabalho.

Não queira participar de todas as redes sociais e grupos:

Você não terá tempo disponível para todas as redes sociais existentes, por isso, procure as redes onde profissionais da sua área de atuação estão “conversando”.

Basicamente é isso, use a rede a seu favor.

Você conhece alguma rede da sua área que queira divulgar, comente, interaja, aqui  também pode ser um local de interação. Comente!

out 10

5 Dicas para Estudar para o Vestibular

Listamos 5 Dicas que irão lhe ajudar a estudar para os Vestibulares.

  1. Verifique no edital do vestibular que você irá prestar qual o conteúdo que será exigido.
  2. Consiga um local silencioso e com poucos focos de distração para não perder o foco no estudo para o vestibular.
  3. Organize o material de estudo necessário, livros, cadernos, um bloco de anotações e rascunho, lápis e caneta.  Tenha o material de fácil acesso para evitar perder a concentração buscando materiais em outros locais. Leve também uma garrafa com água.
  4. Não exceda o seu limite, estude até o momento que você sentir que está conseguindo assimilar o conteúdo, o importante é o quanto você conseguiu apreender e não a quantidade de horas que ficou estudando.
  5. Faça pausas entre um assunto e outro. Sugiro que faça um pequeno alongamento nesta pausa, este pequeno alongamento irá evitar dores e desconfortos devido ao longo período sentado.

Com estas 5 Dicas para Estudar para o Vestibular, você pode utilizar no vestibular e também para estudar a qualquer momento.

Bom estudo!

ago 13

Como Elaborar um Bom Curriculum ou Curriculo para Busca de Emprego

Cabeçalho do Currículo

O cabeçalho do Currículo deverá ter sempre os seus dados pessoais:

Nome Completo

Endereço

Estado Civil

Telefone para Contato (nunca se esqueça de colocar o DDD e caso não tenha telefone coloque um telefone para recado e sempre avise a pessoa que receberá o recado que você deixou o telefone no seu Currículo). Caso tenha telefone celular, coloque o também.

Não é necessário informar número de documentos com Carteira de Trabalho, RG e CPF, esses dados somente serão necessários caso a empresa solicite.

Objetivo Profissional:

No objetivo Profissional você deverá informar a sua área de atuação ou cargo pretendido. O cargo ou função pretendida deverá ser sempre compatível com a sua Formação Profissional e experiência anterior.

Escolaridade, Formação Acadêmica e Cursos de Aperfeiçoamento:

Escolaridade e Formação Acadêmica devem ficar em itens separados dos Cursos de Aperfeiçoamento.

Sua Escolaridade e Formação Acadêmica deverão ser informada conforme a sua pretensão, não é necessário colocar todos os detalhes, onde você cursou a pré escola, caso você já tenha nível superior, é obvio que você tenha feito o segundo grau e nível básico.

Indique somente a última formação, ou últimas, caso tenha mais de uma formação profissional, informando, curso, data de conclusão e instituição de ensino.

Caso ainda não tenha concluído e tiver cursando, informe “cursando” e a data prevista para o término da formação acadêmica.

Cursos de Aperfeiçoamento:

Os Cursos de Aperfeiçoamento devem ser colocados os que são relevantes ao cargo/função pretendida.

Não inclua cursos que você fez por que tinha interesse no assunto e fez por hobby.

Descreva os cursos que tenha feito, data (podendo ser apenas o ano), a instituição de ensino e tempo de duração do curso (se possível em horas).

Experiência Profissional:

Inicie pala última empresa que trabalhou, informe o nome da empresa, cargo/função que atua ou atuava, a data que iniciou (mês e ano), e a data de desligamento.

Descreva as atividades desenvolvidas e também caso tenha feito algo que acrescente a sua função também descreva de forma rápida.

Idiomas:

Indique os idiomas que conhece o e nível para cada qualidade fala, escreve, lê.

Exemplo:

Inglês: fala – boa, escrita – razoável, leitura – boa

Nunca coloque mais do que realmente sabe, não adianta colocar que fala inglês e na entrevista, que poderá ser no idioma que você disse que sabe, não conseguir nem se comunicar.

Informática:

Este item é importante para profissionais que não irão atuar na área de informática especificamente.

Aqui você deverá colocar seus conhecimentos e nível de conhecimento.

Exemplo:

Pacote Office 2007 – Básico

Corel Draw – Avançado

Para os profissionais de informática seus conhecimentos deverão estar mostrados nos cursos e formação acadêmica. E aqui apenas coloque os conhecimentos de informática de forma detalhada, não é necessário repetir os que foram citados nos cursos de formação profissional.

O profissional de informática poderá usar este item, para detalhes experiências profissionais, citadas no item Experiência Profissional.

Exemplo:

Implantação de Correio Eletrônico Exchange em uma rede com 12 filiais utilizando tecnologia de comunicação através de VPN, reduzindo o custo anterior da comunicação através de Linhas Privadas de Dados entre as filiais.

Viagens:

No item viagens do seu Curriculum você deve resaltar viagens profissionais importantes, ou mesmo viagens a locais onde você foi fazer algum treinamento de idioma, ou mesmo imersão cultural.

jun 30

Veterinário

Curso: Medicina Veterinária

 
Duração do Curso: 5 anos (10 Semestres)
 
Principais Atividades Exercidas pelo Veterinário:
 
  • Cuidado com Animais de todos os portes
  • Cirurgías em animais
 
Principais matérias do curso:
 
  • Anatomia
  • Patologia
  • Técnica Cirurgica
 
Mercado de Trabalho:
 
O profissional da área de Verterinária atua geralmente no cuidado com animais de diversos portes, animais domésticos, criadouros e reprodução. O veterinário além de cuidar para a cura de animais com problemas de saúde, atua também na sua prevenção, através de cuidados sanitários, vacionação de animais e outros.

Posts mais antigos «